domingo, 26 de dezembro de 2010

The ladies take their turn

Estamos entrando em 2011 e eu poderia falar sobre minhas resoluções e amarguras. Mas ao invés disso vou falar de filmes que eu quero ver logo no começo do ano (e todos liderados por mulheres).

O primeiro é 'Jane Eyre', com Mia Wasikowska. O filme é mais uma adaptação do livro homônimo de Charlotte Brontë e conta a biografia ficcional de....Jane Eyre. Embora eu não tenha gostado muito da atuação dela em 'Alice no País das Maravilhas' ou até mesmo do filme em si, ela foi bem em 'Meu Pai e Minhas Mães' (que eu recomendo até o último osso do meu corpo) e estava ótima na série 'In Treatment'. Por isso e por gostar da história de Jane Eyre eu estou ansiosa por essa adaptação.


Outro filme que eu quero assistir é 'Red Riding Hood' (Chapeuzinho Vermelho - não acho que esse será o nome na tradução). O lado ruim é que o filme é dirigido por Catherine Hardwicke, a mesma que dirigiu o primeiro filme da saga Crepúsculo e eu também não sou muito fã de Amanda Seyfried, mas minha empolgação vem do fato de que a história é baseada na história original da Chapeuzinho. A história conta que o lobo mau era um homen (lobisomem) e tem um teor de pedofilia, quando diz que o lobo mau come a Chapeuzinho. O filme com certeza não deve nem mencionar a história da pedofilia, mas mesmo assim estou empolgada. Ah...Leonardo DiCaprio que produziu.


O último filme é 'Hanna', com a Saoirse Ronan. Ela chamou a atenção de todo mundo em 'Desejo e Reparação' e ela, por esse filme, é responsável por uma das minhas cenas favoritas de todos os tempos: quando ela levanta de sopetão e encara a câmera. Só de pensar me deu arrepios. No filme Saoirse interpreta Hanna, uma adolescente que foi criada pelo pai, um ex-agente da CIA, numa floresta da Finlândia para ser a assassina perfeita. 'Hanna' também conta com Cate Blanchett, que eu acho que nem preciso comentar. Sou apaixonada por essa mulher e ponto.





    

'Jane Eyre' e 'Red Riding Hood' têm estreia prevista para 11 de março (nos Estados Unidos rsss) e 'Hanna' para 8 de abril.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

CALÚNIA É INDENIZAÇÃO OU PRISÃO

Eu acho ridículo redes sociais, mas eu estou em várias. Relacionamentos virtuais se tornaram tão importantes quanto relacaionamentos pessoais. Falamos sobre lugares que frequentamos e indicamos blogs amigos (onde mais informações podem ser encontradas). Nós escrevemos de tudo neles.
Os blogs que mais prendem a minha atenção não são os poéticos - seja lá o que isso signifique - mas sim os culturais e, mais importante, os cômicos, sarcásticos. O típico humor negro. Mas o ruim é a gente fazer piada e se ferrar por causa disso. Porque ironia é sempre tão mal compreendida?
Mas qual a definição dos blogs e para o que servem? Eu, particularmente, uso para exorcisar qualquer sentimento negativo que eu sinto, para falar para todos que sabem ler português o que eu não consigo falar para minhas próprias amigas. E claro...para sacanear. Já, segundo o Wikipédia, "blogs são sitescuja estrutura permite a atualização rápida a partir de acréscimos dos chamados artigos, ou posts". Mas a melhor definição é:

"Blog é tipo um diário, mas você quer que todo mundo leia. Tipo, se você for atendido mal num restaurante, você posta e ganha comida grátis, mas aí pensa, e se eles te atraíram pra cuspir na comida? Se você postar isso, vão te levar para o tribunal." Laurie - Cougar Town

Porque para a liberdade de expressão calúnia todos temos olhos e ouvidos. Então cuidado com o que escreve? Nãoooooo, tira toda a diversão da coisa.
Falando nisso, alguém já viu "A Rede Social"? Cá entre nós essa tradução tirou a graça da coisa toda. "FACEBOOK". Pá. Diga se não tem um impacto?

Agora, seriously, que porcaria de post foi esse? Sério que vocês lêem isso? Depois de 2 meses sem eu escrever nada. Só peço desculpas e melhoro com um Top 5 Laurie quotes.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Wall of China?

Porque algumas pessoas só se sentem felizes ao diminuirem as outras? Manda recadinhos infantis e desejam que a outra pessoa não seja feliz. Faz de tudo pra parecer que está bem, que seguiu em frente, quando na verdade o coração partido ainda sangra.

House uma vez disse: "Não há uma linha tênue entre o amor e o ódio. Na verdade há uma Grande Muralha da China, com guardas  a cada 100 metros , entre o amor e o ódio". Is that so, dr. House? Quem concorda com ele levanta a mão aê "peuvê". Sério, gente, crescam e apareçam, melhor amadureçam. Esse ódio só faz atrasar a sua vida e não vai importar com quantas pessoas você durma, com quantas pessoas você fique, enquanto você não encarar a vida menos a sério e começar a focar mais em você do que nos outros, você nunca vai superar o outro. Nunca será capaz de colocar o seu coração no lugar certo.


So take a deep breath and go live your fuckin' life!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Pra ver

Galera, sabe o Alexander Skarsgard, que faz o Eric na série True Blood? Então que o cara, tem um irmão mais novo, o Bill, que também resolveu seguir a carreira de ator, assim como o irmão e o pai, Stellan. Eles são suecos e o Bill está estrelando 2 filmes que estão bombando lá na Suécia.
Mas eu quero falar de um em especial, "Simple Simon", que inclusive é o candidato da Suécia para concorrer ao Oscar de melhor filme internacional no ano que vem.
No filme Bill interpreta Simon, que tem síndrome de Asperger e que precisa de estrutura pra fazer a vida funcionar. Ele tem um irmão, Sam, que sempre cuida cuida dele, cozinhando e ajudando ele a entender os seres humanos. O problema começa quando a namorada de Sam termina com ele, e ele entra em depressão. Na tentativa de fazer sua vida voltar ao normal, Simon tenta arranjar uma namorada para o irmão...e aí você já pode imaginar a cadeia de eventos que se sucede. 
Nas palavras de Simon: "Eu sou Simon. Eu tenho síndrome de Asperger. Eu gosto do espaço, círculos e do meu irmão Sam, que sempre cuida de mim. Eu não gosto de sentimentos, de outras pessoas, de mudança e de comédias românticas com o Hugh Grant."


Considerando que filmes de baixo orçamento só chegam aqui no Brasil se ganharem alguma projeção da Academia de Cinema, eu acho que esse filme nunca vai chegar aqui. Mas eu sei que pretendo caçar esse filme antes mesmo da cerimônia do Oscar. Assisto com as legendas em inglês mesmo, porque acho que vai valer a pena. O que vocês acham?

p.s.: repararam que no trailer ele perguntas para as garotas se elas fazem barulho quando fazem sexo? hahaha
p.s.: ele empurrar a garota toda vez que ela toca nele é hilário, e a música do trailer parar de tocar quando ele faz isso deixa tudo ainda mais engraçado

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

A Little Scoop

People, se lembram lá em maio quando eu falei do filme "Easy A"? Então que o filme estreou hoje nos States e a produtora liberou os dez primeiros minutos na internet. 


O que acharam? Eu adorei, e repito, quando o filme estrear aqui em terras tupiniquins: GO see it!

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Ferris Bueller's Day Off

Queridos e poucos (bem poucos) leitores, me desculpem a falta de posts. Vocês sabem né, a vida loka e a Absolut Mango me tiram do caminho da luz. Então que mês passado eu fui pro Encontro Nacional dos Estudantes de Comunicação Social (ENECOM) e isso mudou completamente a minha vida. Citando uma amiga, eu estou "bem mais leve". Parei de usar relógio, minha alimentação está melhor, só uso celular por necessidade e não estou tão preocupada com os "problemas" da vida, estou aproveitando-a. 
Algum de vocês já assistiu "o silêncio de Melinda", com Kristen Stewart - atriz medíocre, mas que está ótima nesse longa? Então que Kristen interpreta a personagem do título, que está passando por alguns problemas e resolve tirar um dia para o "dia da saúde mental". E foi isso que eu fiz, com a diferença que eu tirei a semana. Fui pra faculdade, mas viajei durante as aulas e faltei os dois dias do francês pra ir ao cinema. Amo cinema, como já contei aqui, mas havia deixado essa paixão de lado por conta de problemas. Mas esse ENECOM me fez relembrar do que eu gosto. E o que eu gosto é de poder ir ao cinema sem ter alguém do meu lado pra ficar comentando as cenas ou pra ficar tentando me agarrar, eu gosto é de assistir dois ou três filmes por dia e, muito de vez em quando, me dar ao luxo de dormir no meio da sessão (que foi o que eu fiz hoje). 
Então, folks, o conselho que eu deixo pra vocês aqui é: tirem pelo menos um dia por mês (eu tirei uma semana, mas foi por desleixo) pra cuidar somente de vocês. Esqueçam faculdade, xerox e qualquer responsabilidade, porque eu sei que depois dessa semana eu aguento pelo menos dois meses sem surtar e sem ir pra cama com dor de cabeça. Relax, take it easy. Cante "twist and shout" em cima do carro alegórico.

Melinda: “É hora pra um dia de saúde mental. Então conjugue isso: eu filo aula. Você fila aula. Ele/ela fila aula“.



quinta-feira, 15 de julho de 2010

Pra ver...

... e chorar (foi o que aconteceu no meu caso).
Faz quase um mês que eu não posto no blog. Esse recesso está meio (muito!) parado, a única coisa que está em movimento é meu sentimento de abandono, que continua crescendo. A saudade também. Então vou postar um vídeo que resume o que estou sentindo. E vou postar pelo vídeo mesmo, porque a música ou o cantor não me interessam muito. A música se chama Who's Gonna Svae My Soul, do Gnarls Barkley, e conta a história de o fim de um relacionamento. A menina dá várias das desculpas clichês "não é você, sou eu", "eu preciso de espaço", enfim.....esse clipe dá um novo sentido à frase "foi como se ela tivesse tirado meu coração do meu peito".

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Pra ouvir/Pra ver

Então que fuçando na net encontrei algumas coisitas bem interessantes. Algumas já conhecidas, outras nem tanto, mas tudo muito legal.

O primeiro vídeo é da já batida música da Beyoncé, Single Ladies, mas com uma nova roupagem. Sem dança, sem colant e sem a Beyoncé cantando. O vídeo foi feito pelos namorados Jack Conte and Nataly Dawn, da dupla Pomplamoose. O mais engraçado é ver a timidez da Natalie, com a câmera bem na cara dela. Dê um check nos outros vídeos na página do youtube deles, porque também são legais.


O segundo vídeo é de uma banda, que eu acho que poucas pessoas conhecem. A Hold Your Horses é uma banda novata franco-americana, que produz um som com uma batidinha bem gostosa de se ouvir. E seus clipes ão muito gostosos de se ver, que nem o Ok Go!. O clipe de 70 Million foi feito pela produtora francesa L'Ogre e é um dos mais criativos e engraçados que eu já vi, os caras dão vida a várias pinturas de artistas famosos, de René Magritte a Andy Warhol, de Edvard Munch a Botticelli, passando por Leonardo da Vinci e Johannes Vermeer. E esperem para dar muitas risadas quando eles aparecerem vestidos de Marilyn Monroe e Frida.


O terceiro clipe é de uma cantora que está ganhando cada vez mais espaço na indústria musical, a Janelle Monáe. Eu já conhecia a cantora e mas nunca havia dado uma chance, mas esse vídeo me fez mudar de idéia. A música Tightrope tem participação de Big Boi, do Outkast, e é o primeiro single do álbum The ArchAndroid, que amanhã vai fazer um mês de lançamento. A música é muito boa e tem uma batida que faz qualquer pessoa entrar na dança.


A quarta dica é o site Stereomood e funciona assim: você entra no site e dependendo do seu estado de espítiro na hora, você clica em uma palavra. E vai de coisas mais óbvias como "happy", "relax" e "need for love" (nem preciso dizer que essa é a minha favorita né) até coisas banais como "just wake up", "it's raining" e "cooking time". Quando você escolher a palavra vai aparecer uma lista com centenas de músias para te entreter durantes horas a fio. E o mais legla é que dá pra você conhecer várias bandas novas.

Gostaram?

terça-feira, 15 de junho de 2010

Pra ouvir..

Já viram o clipe oficial com a música tema da Copa do Mundo desse ano? Não? Então aqui está:



Vocês viram o Taffarel? Eu gostava tanto dele, gente, na época em que eu só conhecia Galvão Bueno como comentarista (sic)
O legal é que as pessoas que participaram desse clipe, realmente, falam línguas diferentes. Foi uma verdadeira comunhão étnica. Dá pra ver o Brasil várias vezes, mas a parte mais "engraçada" é quando eles dão um close na cara do Denílson.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Top 5: Gosto, mas tenho vergonha

Todo mundo tem alguma(s) coisa(s) que adora ouvir, ver, ler, etc. Mas poucas pessoas tem coragem de assumir isso. Eu vou aqui, agora, correndo o risco de acabar com minha vida social - que não é tão ativa - dar o gostinho de algumas coisas que eu A-M-O, mas tenho vergonha de falar. E devo dizer que foi bem difícil compilar essas coisas somente em um Top 5. E só pra esclarecer, o Top está do menos vergonhoso para o mais vergonhoso.

5 - "Lado Negro da Força" e os "Jedi" da Disney e seus derivados

Ok...na 5ª posição eu tenho duas confissões a fazer. A primeira é óbvia: eu gosto de todos as criações Disney, com exceção da Miley Cyrus e "Hilary Duff" (no final eu explico as aspas). Justin Timberlake, Taylor Swift, Christina Aguilera, Demi Lovato, Selena Gomez, Jonas Brothers e o extinto Drake and Josh (com Miranda Cosgrove). Nossa (!) eu adoro esse povo todo. Acho os seriados desses últimos o maior barato, sem contar que me distraem quando no canal fechado não está passando mais nada que preste, mas todas essas pessoas representam o que há de bom na Disney (os Jedi do título) e às vezes eles podem ser bem entediantes. É aí que entra minha confissão número dois: sendo eu a pessoa cujo tempero da comida é "humor negro", eu sempre prefiro o lado negro da força. Nazaré a Maria do Carmo, Laurinha a Maria Clara, Bebel e Olavinho a Paula e Daniel....acho que vocês entenderam. Então é claro que eu prefiro Britney "cabeça raspada" Spears, Lindsay "lésbica-com-cocaína-no-pé" Lohan (ou LiLo, para os íntimos) e......eis que uma pessoa que eu odeio conseguiu conquistar meu coração ao dar um show privê na varanda de casa, depois que o namorado a pediu em casamento: Hilary "i'm a whore" Duff!!! Clap clap pra você Hill, porque Britney já saiu por aí mostrando a perereca, LiLo também, mas sexo com o namorido em público... Então fica a dica, Miley, se você quiser o meu amor basta liberar uma fita caseira. 

 
4 - High School Musical

As pessoas mais próximas de mim sabem: eu assisti todos os filmes, sei todas as músicas e chorei no final do último filme...nas duas vezes em que assisti no cinema! Eu sempre tive uma queda por comédias românticas adolescentes água-com-açúcar, acho que por saber que no final tudo REALMENTE vai acaber bem, sabe. Eu geralmente assisto quando tô me sentindo meio down, e elas sempre me fazem sentir melhor. E High School Musical é um....musical. Aí fudeu! Comédia besta-água-com-açúcar-com-gente-bonitinha-que-não-sabe-atuar-musical, there's no way i could resist. E também não vou mentir que eu baixei o soundtrack dos dois últimos filmes, porque as músicas são super dançantes e pegajosas e always put me in a great mood.


3 - Backstreet Boys

Gente, me dêem um pouco de crédito porque todo mundo gostava deles quando eles surgiram nos idos anos 90. Mas pra vocês entenderem o porque de eu gostar deles hoje, vocês precisam saber um pouco mais de mim, então vamos lá. Nos anos 90 eu ainda era uma boa estudante, não bebia, não fumava, não era gay, então a única coisa que eu conhecia era Xuxa, e eu achava que o único tipo de música que existia no mundo (sério mesmo!) era a música aqui da Bahia - entenda por isso, É o Tchan! (é, eu sei ¬¬) - e SandyeJunior (está junto propositalmente. Um dia ainda escrevo sobre a minha falta de habilidade para individualizar duplas) . Então, quando eu estava na 6ª série, eu tinha uma amiguinha por quem eu tinha uma huge crush, e ela falou pra mim "carol, tem esse canal chamado Mtv, no número 13. é legal". Eu acreditei né, e quando cheguei em casa a primeira coisa que eu fiz foi dar uma checada nessa Mtv. O problema é que quando eu liguei a TV estava passando "Everybody" - aquele que os meninos são zumbis e tal - então, hoje, toda vez que eu escuto os caras eu lembro da sensação que eu tive ao ter minha mente expandida. E eu gosto, eu gosto muitcho, tu du du du du pá!


2 - MMMBop e Hanson

Outra pérola dos anos 90, mas assim como a terceira posição eu só comecei a gostar deles quano já era uma burra velha, mais precisamente quando eu tinha 15 anos. Tudo culpa de minha amiga Isadora doce-de-coco-com-brigadeiro-coisa-mais-linda-e-obscena-do-mundo Britto. Dora gostava de Hanson há muito tempo, e logo quando a gente se conheceu ela tinha acabado de "comprar" um dvd novo acústico dos caras. Eu pedi emprestado. Aí pronto....eu gostei das músicas chiclete, e mesmo acústicas elas eram bem animadas e eu não conseguia parar de pensar "se são tão legais assim, imagine na versão original". Resultado: copiei o dvd pra mim e baixei a discografia completa, mas essa obsessão foi além. Dora falava tanto desses meninos, e xingava a esposa de Taylor, que eu comecei a odiar a mulher sem nem conhecer e ainda me imaginei casando com o Tay (para os íntimos. rs). Vocês devem estar se perguntando porque eu coloquei MMMBop junto com o nome da banda. Bem, devo admitir que eu só coloquei essa música pra desabafar, porque por muito tempo eu a quis colocar como toque no meu celular, mas morria de vergonha, tinha medo do que os outros iam falar. "Meninade15anossemvergonhanacarafiladaputa" "Carol, não acredito que você gosta de Hanson!"


1- Revista "Capricho"

Por favor, não me julguem. Gente, eu não sei explicar porque eu gosto da Capricho. São sempre as mesmas perguntas "se eu fizer sexo oral eu engravido?". Engravida sim filadaputa, o bebê cresce na sua língua e nasce junto com sua saliva.
São sempre os mesmos testes "descubra se o gato está a fim de você". Desculpa, mas o mais próximo que eu vou chegar de um pênis é se ele for não orgânico e movido a pilha.
São sempre as mesmas matérias "Zac Efron e Rob Pattison contam como lidam com a fama". Aahm...... ¬¬
Eu sei que é sempre o mesmo, eu sei, mas sempre que eu passo por uma banca de revista eu tenho que ler as capas. Sim, sim, eu consigo resistir e não compro as revistas, mas não porque eu não quero, e sim porque eu tenho MUITA vergonha. Eu tenho 20 anos for Christ's sake! Mas se eu vou na casa de alguém ou em algum consultório onde a revista está lá, esperando para ser lida, sim, eu leio. Mas em minha defesa, eu também leio SET, Bravo! e Época. E não, gente, eu não leio Atrevida.........acho uma traição. rsss.


E vocês, do quem têm vergonha?

sábado, 22 de maio de 2010

GO see it

Certo. Filme novo na área, com a fofis (e yummy) Emma Stone (Zumbilândia e Super Bad): "Easy A".
Numa rápida sinopse a personagem da Emma é uma ninguém na escola, até que ela finge ter perdido a virgindade com o amigo gay dela. O único detalhe é que ela não imaginava as consequências disso....hahaha
Eu tenho muito mais pra falar desse filme, mas acho melhor só colocar o trailer e depois algumas observações com minhas quotes preferidas. Minhas únicas decepções com o filme trailer é que eu percebi que também estão no filme, o chatinho de Gossip Girl, Penn Badgley (e péssimo ator) e o vampiro-do-mal-mas-que-atua-melhor-que-Robert Pattison-do-filme-tosco-que-é-Crepúsculo, Cam Gigandet. Ahhh, pelo trailer, Patricia Clarkson, que faz a mãe da Emma no filme, está ótima!


Antes de escrever mais alguma coisa quero dizer que eu prefiro as quotes em inglês, mas vamos lá, vou ser boazinha:

1) "Sempre pensei que fingir perder minha virgindade seria mais especial. Judy Blume deveria ter me preparado pra isso".

E a cara dela quando fala isso é muito boa! obs.: pra quem não sabe, Judy Blume é uma autora que escreve pra (pré)adolescentes, sobre sexo, masturbação, etc. Aqui no Brasil são livros com nomes como 'sexualidade: um guia de viagem para adolescentes'e 'coisas que toda garota deve saber'.

2) "20% de desconto em produtos de banho? É isso que sua namorada imaginária custa pra você? Eu faked virei seu mundo de cabeça pra baixo"

3)"Eu tinha uma reputação horrível quando tinha a sua idade, porque eu dormi com várias pessoas....na maioria das vezes eram homens"

hahaha, ownn Patricia Clarkson, i love you!

E agora a minha preferida:

4) - Há um poder maior que irá julgá-la por sua indecência
     - Tom Cruise?

HAHAHAHAHA...eu adoro uma boa piada com o nome de Tom Cruise. Ele é, simplesmente, um alvo tão fácil, com todo aquele negócio da Cientologia, de subir no sofá da Oprah, de casar com uma criança (Katie Holmes), que atuou em Dawson's Creek. E vocês reconheceram a loirinha desse diálogo? É a Amanda Bynes, de 'Tudo que uma garota quer' e 'Hairspray'! It took me a while, but i noticed.

Mas voltando ao filme, eu li uma descrição perfeita pra ele: é uma comédia que mistura 'Meninas malvadas', 'Virgem de 40 anos' e o livro 'A letra escarlate'. Totally! E mais uma coisinha: no meu mundo a Emma Stone nunca seria uma anônima, um nada. o.O
Eu vou assistir, definitivamente! E você?

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Pra rir

GENTEN..."CORRÃO"!!!!!
Se vocês sempre têm dificuldade pra ficarem bonitos nas suas fotos, "corrão" para o curso de modelagem Mildo JheMISS (hahaha) Model! O Mildo vai te ensinar tudo o que você precisa saber pra ter a foto perfeita! "Cabelo bagunçado é bafo geennntche".

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Hope it's not/hope it is

Eu realmente espero que isso não seja verdade, porque eu não sei o que aconteceria se o que resta de mim fosse arruinado. Só sei que o meu coração não aguena mais nenhuma pancada.
Já passei por todas essas fases! Amor, dor, ódio, esquecimento e saudade. A última não pode existir, não deve existir. É muita crueldade com uma pessoa só.
Eu sei que eu não posso me apaixonar novamente. Não pela mesma pessoa!
Então, essa frase aí em cima, I hope it's not com relação a mesma pessoa e i hope it is com relação pura e simplesmente a um novo amor. Porque de um novo amor, eu posso dar conta.

sábado, 8 de maio de 2010

Pra rir

ok...eu não sei nem o que escrever pra fazer a introdução a esses vídeos....
só vocês assistindo e rindo!



"esse foi um primeiro creme que eu usei. tô relembrando o passado"



"eu não quero comprar (o livro). eu só gasto dinheiro com cosmético"

that's all

domingo, 2 de maio de 2010

 Confissões de uma mente perigosa Mente vazia, oficina do diabo

Então que eu concluí que andar de ônibus não é seguro pra minha saúde mental e emocional
Geralmente eu só ando de "busu" quando eu vou pro curso de francês, lá na ladeira da Barra (no fim do Corredor da Vitória), às terças e quintas. E toda vez que eu ando de ônibus ou eu choro, ou eu faço uma conclusão triste sobre a minha pessoa, minha vida etc.
E nessa última terça-feira não foi diferente.

Eu coloco os fones de ouvido e entro no ônibus "Campo Grande - via Barra", que percorre toda a orla de Salvador até que sobe a ladeira da Barra.

Boca do Rio
Carol: Ái que saco ter que ir pro curso hoje! Acho que vou ficar na Doces Sonhos. Vou comer uma torta de sequilho

Costa Azul - Pituba
Eu vejo um outdoor com uma foto de Gisele Büdchen e...
Carol na maionese toma os pensamentos: Pô, ela tem 28 anos e acabou de ter filho. Se bem que ela já tem a carreira toda feita, virou milionária, então ter filho era a única coisa que faltava. Nossa...28 anos. Eu vou fazer 21 no final do ano e ainda tô solteira. 
Carol racional: Putz, eu quero me estabilizar na minha carreira primeiro. 
Carol pessimista: Será que com 30 já vou ter conseguido? 
Carol na maionese: Qualquer coisa eu faço uma inseminação artificial né? Sarah Jessica Parker fez, e ela nem é gay né...
Carol racional: Sarah Jessica Parker tem 40 anos e é rica. Inseminação artificial custa uma fortuna.
Carol na maionese: Eu não quero esperar até os 40 pra ter filho. 
Carol pessimista/sonhadora: Se eu me estabilizar financeiramente, mas ainda estiver solteira nos meus 30/35 anos, eu faço uma inseminação.
Carol na maionese: Espero que dê certo de primeira né. Seria chato ter que gastar um "dinheirão", que nem Kevin e Scotty em Brothers & Sisters. Se não der certo, eu posso adotar. Mas será que se eu adotasse um bebê as pessoas me achariam preconceituosa por querer um recém-nascido ao invés de uma criança? Eu poderia roubar um do hospital...
Carol  racional: (risos) Porque é melhor ser chamada de ladra psicótica do que de preconceituosa né?!
Carol sonhadora: É, eu vou ter um filho um dia, mesmo solteira...
Carol na maionese (espero): MERDA!!! Eu vou morrer solteira, puta que pariu! Tive uma revelação, pelo menos parece isso - será que é porque eu tô olhando o mar? E está tudo clarinho assim?. Tenho que contar para as meninas. Será que eu vou ser essas solteironas suicidas? Não...eu vou ter um filho pra criar. Mas acho que vou tomar Prozac pelo resto da minha vida.

Amaralina
Começa a tocar no mp3 um medley de 'Halo/Walking On Sunshine', cantado pelo elenco de Glee. 
Carol: Essa música é tão legal, animadinha. Eu gosto de Amralina...

Rio Vermelho
Começa a tocar 'Home Life', de John Mayer ("eu posso te contar isso/eu só vou casar uma vez/e se não der certo eu dou metade das minhas coisas pra ela/está tudo bem pra mim/nós juramos "pela eternidade")
Carol magoada: Achava que o que a gente tinha era legal. Errr...tem mais de um ano que a gente não se fala. Até hoje eu não entendi porque ela parou de falar comigo. Achei que tava tudo bem. Mas eu nunca vou perdoá-la por ter mentido na minha cara! O Rio Vermelho me faz lembrar dela. Lembro quando a gente terminou, que nós viemos aqui com a galera toda. Foi horrível! E o aniversário de Lu??? Climão..Por que eu ainda veio aqui, com tantas lembranças ruins? Até que tem umas legais, como no dia da Nave (risos). A gente sentada bebendo 'príncipe maluco', depois rindo sem motivo. Sinto falta desse dia. Como as coisas vão de risadas dadas de graça pra nenhuma palavra dita?
De repente no mp3 começa 'In Repair', também do John Mayer ("devia ouvir o conselho do meu coração/e deduzir que ele ainda está instável/eu estou em reparos/talvez seja melhor você me conhecer/quando as coisas estiverem nos eixos novamente)
Carol racional: Talvez Dora esteja certa: a gente só esquece um velho amor com um novo. 
Carol magoada: Foi isso que ela fez. Será que ela ainda pensa em mim? Não pra um relacionamento, mas como uma pessoa que ela sente falta na vida dela?
Então entra 'It's My Own Cheating Heart That Makes Me Cry', do Glasvegas ("esse é o fim/comigo de joelhos perguntando 'por que'?/aperto meu coração, esperando morrer/é o meu próprio coração traidor que me faz chorar") 
Carol hipócrita: Nunca mais volto no Rio Vermelho....ATÉ PARECE!

Ondina
Carol: Esse povo do Isba saiu da aula agora?! Não eram 3 estátuas gordinhas? Cadê a terceira?

Barra
'Little Lion Man', do Mumford and Sons ("eu realmente fodi com as coisas dessas vez/não foi , minha querida?")
Carol: Pô, eu gosto tanto do Barra Vento. Pena que nunca acho ninguém pra vir comigo...
'Littlest Things', da Lily Allen:
"às vezes eu me encontro sentada e lembrando/especialmente quando tenho que ver outras pessoas se beijando/todas brigas que tivemos, todas os flertes/eu contei pra você historias tristes da minha infância/eu não sei porque confiei em você/mas eu sabia que podia
Carol nostálgica/irracional: Suan Luan. Aquele dia dos namorados foi tão legal. Almocinho, cineminha, namorinho...

Porto da Barra
Carol raivosa: Filadaputa! Nunca vou esquecer o Espicha Verão de 2009, sua sacana! E ainda reclama que eu fui toda fria?! Depois pede pra conversar, só pra poder contar um monte de mentira deslavada! Espero realmente que vc seja feliz, na cada da p@*% que te *$&#@, sua *@$%¨¨&*, f%¨&*, fuuuuuuu!

Ladeira da Barra:
Carol nostálgica: Aquele dia que eu e Lu filamos aula pra vir pra praia foi divertido. Deveríamos ter feito isso mais vezes, me fez esquecer dos meus problemas no 2º ano.
Carol hipócrita/irracional/nostálgica/chateada consigo mesma: Aquele dia na praia foi muito divertido, um dia antes da parada gay. (risos) Aquele cara com os óculos de mergulho....que vergonha! (risos)

Corredor da Vitória
Eu salto do ônibus, e depois disso tudo não tem mente que aguente ter que entender um outro idioma. Passei o resto da tarde na Doces Sonhos, mas não tinha mais torta de sequilho....mooooole!

 Isso foi só um resumo. Na minha "viagem" de 45 minutos deu pra pensar muito mais. Como cabe tanta coisa dentro de uma pessoa? Parece até um episódio de United States of Tara.

domingo, 25 de abril de 2010

Música pra rir e pra dançar

Olha, o LCD Soundsystem lançou clipe novo, dirigido por Spike Jonze (é..aquele mesmo do filme 'Onde vivem os monstros' e do curta que eu já postei aqui). 
Então que eu acho que esse clipe é um dos mais idiotas e mais engraçados que eu já vi na minha vida! O nome da música é 'Drunk Girls', que acho que já diz tudo, e o clipe consiste basicamente em um pessoal vestido de panda, acho, avacalhando o vocalista James Murphy, a tecladista Nancy Whang e outro membro que eu não consegui sei identificar. Enfim, o video é tão insano, que chega a dar pena da Nancy, que o pessoal sacaneia mesmo!



Falando em avacalhação, o que é a roupa de Macy Gray no novo clipe dela?! E o cabelo de três pontas?
Nossa!!! O clipe é pra divulgação do novo álbum 'The Sellout', e é todo bonitinho e pra cima, coreografado e talz, com exceção da Macy né. Nada contra ela, pra falar a verdade, tenho todos os cds, mas pra uma música que se chama 'BEAUTY in the World', ela não está muito "gatchenha", não!

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Uma carta de amor...pra ninguém

 quero saber como foi o seu dia
Você quer saber como foi o meu dia
Eu te deixo pegar minhas roupas emprestadas
Você me deixa pegar seus sapatos emprestados
Eu gosto de mostarda
Você gosta de maionese
Eu te abraço porque eu quero que você saiba que estou aqui, ali, em todo lugar (pra você)
Com você
Você gosta de 'The Strokes'
Eu te beijo quantas vezes você quiser, de todos os jeitos que quiser, em todos os lugares que quiser
Você me abraça o tempo todo
Eu gosto de High School Musical, mas também gosto de Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças
Você "pode tentar me tirar da sua mente, mas não do coração", e você entendeu a citação que eu acabei de fazer
Eu te escrevo notinhas de amor
Você esconde notinhas de amor, pra quando eu achar eu ficar feliz
Eu cozinho pra você
Você faz as compras
Eu te amo mais do que café (você também)
Você me ama mais do que soda italiana (eu também)
Às vezes você me deixa nervosa (um 'nervoso' bom)
Espero que eu te deixe nervosa também
Nós gostamos das mesmas coisas, e de outras bem diferentes
Porque eu faço questão de deixar bem claro o quanto eu te amo
Porque eu amo sim
Você escreveu uma música com nossos nomes
Eu escrevo nossos nomes no meu caderno
Você  falta aula pra passar o dia comigo
Eu não presto atenção na aula, porque estou pensando em você
Você gosta de bandas que existem há muito tempo (eu também)
Eu gosto de bandas que ainda nem existem
Você ama cinema (eu também)
Eu amo você (você também)
Porque num dia de sol eu quero sair de mãos dadas com você
Porque num dia de chuva eu quero ficar na cama o dia todo com você
Porque todos os dias eu quero ficar o dia todo com você
Eu faria uma viagem igual a do Sr. Fredricksen, só por você
Você faria uma viagem igual a de Christopher McCandless (sem a morte), só por mim
Porque a gente faria uma viagem igual a de Jesse e Celine
Você me faz rir tanto, que minhas bochechas doem
É impossível te esquecer, porque sempre fica um espaço vazio quando você não está por perto
Eu sou tudo o que você precisa
Você sempre me beija quando eu estou chateada
Eu amo comida
Eu não me importo quando você come minha comida
Te acordo com um beijo
Você massageia meu pescoço
Eu te dou arrepios
Você ainda sente um friozinho na barriga quando me vê
Eu te conto de um programa que eu vi ontem à noite
Você ri das minhas piadas, não pra me fazer feliz, mas porque você realmente acha que são engraçadas
E sua família é legal
E nós saimos pra dançar
Nós assistimos filmes maravilhosos
Nós assistimos filmes terríveis
Nós pedimos 'desculpa' quando estamos erradas
Nós ainda sorrimos quando vemos uma a outra
Nós somos nós...

- Oi, eu sou Carol, quer me conhecer? Se quiser, apareça logo, porque eu mal posso esperar pra te conhecer também.

domingo, 18 de abril de 2010

S2

sempre pensarei em você
como uma pessoa que eu amo
...and it sucks!

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Rapidinhas

Errr.....eu relamente amo 'gLee'. O seriado fez um videoclipe com Sue Sylvester cantando 'Vogue', da Madonna. E eu só tenho uma coisa a dizer:
Madonna, se cuida, minha filha, porque a parada é dura!

Top 5: Melhores flash mob's EVER!!!

Então, tem uma coisa que adoro tanto quanto stop motions e não, não é sexo. É flash mob. Segundo o wikipedia - sei que não é confiável, mas a descrição é bem exata - "flash mobs são aglomerações instantâneas de pessoas em um local público para realizar determinada ação inusitada previamente combinada, estas se dispersando tão rapidamente quanto se reuniram. A expressão geralmente se aplica a reuniões organizadas através de e-mails ou meios de comunicação social". Segundo Carol P., flash mob é uma das coisas mais divertidas de se assistir...EVER!

5 - Homenagem para Oprah 

Esse flash mob foi organizado pela produção do The Oprah Winfrey Show, como uma surpresa para a apresentadora pela 24ª temporada do programa. A mobilização foi feita em Chicago, cidade natal de Oprah e entrou para o livro dos Recordes como o maior flash mob já realizado. Esse vídeo já é velhinho, sem contar que é com a música, já batidinha, 'i gotta feeling' do Black Eyed Peas. Então, por isso, ele fica na quinta posição.


4 - Jamie Oliver

O 4º episódio de Jamie Oliver's Food Revolution teve um flash mob muito legal, que misturou dança e comida. Esse episódio foi ao ar na última sexta-feria, 9, no canal ABC e mostra Jamie e alguns dançarinos no campus da Universidade Marshall, West Virginia, Eua. A proposta do evento era inspirar as pessoas se envolverem no programa de Jamie e fazer mudanças na dieta dos moradores de Huntington, e eventualmente, do resto do país.


3 - Homenagem para Glee

Acho que já deu pra perceber que eu sou obcecada por Glee, né? Os medleys, a homofobia de Sue Sylvester (o que é uma ironia maravilhosa, já que sua intéprete, Jane Lynch, é lésbica assumida e está noiva), a neurose de Rachel, o gay fofinho do Kurt...tudo! A façanha já havia sido feita em dezembro do ano passado, em Roma, promovida pelo canal Fox, quando Glee estava pra estrear. Mas então que com a volta da série se aproximando (voltou ontem, mas o flash mob aconteceu sábado passado) mais de 1000 pessoas em Seattle, Eua, resolveram fazer uma homenagem à série. Eles usaram o medley com algumas das canções que já foram mostradas na série e foi usado em Roma e colocaram uma coreografia parecida, porém melhor, em cima. O resultado ficou super divertido.


2 - Do Re Mi
Em março do ano passado, uma emissora de TV, na Bélgica, estava procurando alguém para interpretar o papel principal no musical 'The Sound of Music' e, para promover o concurso, colocaram 200 pessoas em uma estação de trem do país dançando ao som de uma versão remixada de Do Re Mi - do musical em questão. E com apenas dois ensaios o pessoal conseguiu fazer uma coreografia bem elaborada.


1 - Josh's Band para o T-Mobile

A T-Mobile é uma operadora de celular, fato. E eles perguntaram a seus clientes, em uma promoção, o que eles fariam se tivessem internet grátis e mensagens ilimitadas para o celular. Josh Ward respondeu que montaria uma grande banda. A operadora gostou tanto da idéia, que as cifras e as músicas de Josh foram disponibilizadas no MySpace e ele percorreu a Inglaterra tocando com as pessoas. Depois ele mandou e-mail e sms para a galera, e 1107 pessoas de Bristol, Londres, Manchester, Endiburgo e Birmingham  apareceram com seus instrumentos para cantarem juntos. Esse vídeo virou um videoclipe, virou propaganda da T-Mobile, que percorre os países fazendo flash mobs (muito legais, por sinal) e ganhou o primeiro lugar aqui no Top 5 pela criatividade e pela boa música. 


Bônus track

Single Ladies

Eu sei que eu já falei que essa música tá batida e que às vezes nem consigo mais ouvir, mas esse flash mob é muito cool pra ficar de fora. A Trident organizou esse flash mob em Londres, em março do ano ano passado, para promover o show de Beyoncé, que aconteceu em novembro do mesmo ano e foi patrocinado pela marca de chicletes. Cem mulheres (solteiras, é claro) dançaram 'Single Ladies' em plena Piccadilly Circus, no centro da cidade.


Eu ia colocar outro flash mob da T-Mobile no bônus, mas são tão legais que a próxima edição do top 5 será somente com flash mobs promovidos pela operadora.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Rapidinhas

Então que Glee não voltou dia 9 de abril como já havia postado aqui. O episódio de volta do break vai ao ar hoje, com o episódio 1x14 !!!! E o cd com as músicas da Rainha do Pop, Madonna, também será lançado hoje. E já rola na internet uma nova promo com o episódio que será dedicado à diva. Nele, Rachel aparece cantando 'Like a Prayer' e é revelado o garoto que formará um triângulo amoroso com ela e Finn.



E a revista TV Guide também fez umas fotos com alguns dos atores da série para a divulgação do episódio:
















E também vazou essa semana uma foto de duas personagens vestidas de Lady Gaga. Dizem que essa foto é do episódio 1x21, quase no final da temporada.

















domingo, 11 de abril de 2010

Rapidinhas

Passando só pra uma rapidinha (sério!)
Dá uma sacada nesse guri, Timmy, cantando Bad Romance da Lady Gaga
E olhem o pijaminha dele apertadinho, com as banhinhas de fora!
E não esqueçam: a melhor parte vem depois dos 2:25 de vídeo. É aí que ele fia super performático...lindo!!!


Peace out!

sábado, 10 de abril de 2010

Se a coruja disse...

Então que eu acabei de assistir 'Bambi' pela primeira vez. Só tenho uma coisa a dizer:
"nunca mais vou assistir filmes da Disney (a não ser que seja com a Pixar. rs)"! Eles tentaram me enganar!

Pouco importa a história completa aqui ou se Bambi é realmente gay, mas sim o que acontece quando a primavera chega....no filme. O Amigo Coruja disse que TODOS ficam em pares (casais) quando a primavera chega. Sério, sério?! Sou romântica, e, realmente, gostaria de acreditar nessa teoria, mas se eu o fizer vou morrer sozinha esperando a primavera chegar. Porque isso não é verdade, Amigo Coruja! E a maior decepção é que tive de ouvir isso de uma coruja! Coruja usa capelo e oclinhos de grau. Deviam ser inteligentes, né?!
E assim que a coruja cabeçuda fala isso, o gambá (que no começo do filme eu jurava que era fêmea - e depois gay) arranja a sua gambá, depois Tambor, o coelho, se apaixona pela coelha -que parece uma prostituta aqui da orla- e Bambi se apaixona pela amiguinha de infância. E o mais incrível de tudo é que todo esse amor acontece à primeira vista!
Amor não acontece à primeira vista...acontece? Bem, nunca aconteceu comigo, então não acontece! O que acontece à primeira vista é atração física, é tesão, é vontade de f.....é beijo na boca sem nenhuma pretensão, mas com segundas, terceiras e quartas intenções! O amor acontece nos pequenos detalhes, nas idiossincrasias. É por isso que dizem que 'às vezes é a pessoa que estava ao seu lado o tempo todo, mas você nem percebeu'. Comigo aconteceu assim: paixão (por uma qualquer), obsessão (por uma qualquer), cair na realidade, paixão (pela pessoa certa - que eu já conhecia), conhecimento (pela pessoa certa - que eu já conhecia), amor incondicional (?)(pela pessoa certa - que eu já conhecia). And that's how it's done, baby!

Como William P. Young escreveu:

“Muitos acreditam que é o amor que cresce,
mas é o conhecimento que cresce,
e o amor simplesmente se expande para contê-lo
O amor é simplesmente a pele do conhecimento.”

Mas realmente seria bom se amor à primeira vista acontecesse. Na verdade, nesse momento, pra mim, qualquer tipo de "amor" tá servindo. Seria ótimo se, só com uma lambida, eu me sentisse nas nuvens (essa foi só pra quem ainda lembra do filme. rs). Seria ótimo, mesmo sabendo que é mais fácil perder um amor na primavera, do que ganhar.


...DEVERIA SER VERDADE!

sábado, 3 de abril de 2010

Top 5: Tenha você um rainbow day


Em dia de sexta da paixão eu precisava estudar, mas meu pai me obrigou a ir pra casa da vovó. E eu como boa neta que sou (?), pra não chegar de mal humor na casa da minha avó, coloquei algumas de minhas músicas mais queridas e transformei meu paixão day em meu rainbow day, e deu certo.
Mas antes de começar quero esclarecer que esse top 5 não tem uma ordem específica, afinal você vai escutar todas as músicas mesmo rs. Esse top foi feito para embalar o seu (nosso) dia, para te fazer sair pelas ruas saltitando como uma gazela e dançando que nem a Björk em It's, Oh, So Quiet ou Feist em Mushaboom. Esse top 5 é pra quando você estiver triste ou simplesmente estiver afim de cantarolar. E não existem músicas melhores do que músicas gays - aquelas que quando tocam te fazem enxergar o mundo em cores. Então coloque o notebook ou as caixas de som do PC no volume máximo e sing it out!

Diva - Beyoncé

Eu tive a oportunidade de ir ao show dessa criatura e eu juro por Deus que eu olhei pro chão pra ver se ele ia se abrir, de tanto que as gazelas pessoas pulavam. Nunca vi tanta histéria como eu vi nesse dia, as pessoas gritavam (inclusive eu), pulavam e entoavam em uníssono: "i'm a di-va, imma i'm a di-va". A galera ficou mais animada com essa música do que com a já batidinha "single ladies". Confesso que no começo eu nem gostava, mas foi só ver o clipe - Beyoncé com aquela boca, aquele cabelo, aquele tudo - que eu pirei o cabeção! Demorei pra achar um vídeo que pudesse ser incorporado aqui e infelizmente ele vem com legenda, mas....todos somos di-vas e isso que importa!


Wake Me Up Before You Go go - Wham!

Deixo gravada aqui a minha revolta: ODEIO (!) esse negócio de direitos autorais: não consegui achar no youtube, mas existem sites mais maleáveis. Nesse vídeo você poderá ver o George Michael dançando de shortinho jeans entrando no cu na bunda, com luvinha da Ana Maria Braga e ainda assim fingindo ser hétero! Essa música vem direto dos anos 80, quando homem rebolando com roupa coladinha fazia parte da cultura kitsch e a homessexualidade começava a ser encarada com naturalidade (?). Sei que toda vez que eu escuto essa música saio pulando quem nem.....adivinha....uma gazela, e não tem tristeza/chateação que me segure. Só falta o brinquinho de ouro pra completar o look George.


Confusion Girl - Frankmusik

Tá, essa música - nem o cantor - não é conhecida. Eu mesmo conheci por acaso, e A-DO-REI! Frankmusik é um britânico que nasceu com o nome de Vincent e (super) bomba nas paradas britânicas e nas baladas. Eu o acho muito bom, sem contar que muito fofinho. Essa música é a minha preferida dele e a mulher que ele beija no clipe é a namoradinha dele na vida real, a modelo Holly Valance (hmmm). Quando escuto essa música, eu me vejo na balada (olha que eu nem gosto, viu) me divertindo pacas....a única diferença é que não tem garota nenhuma pra beijar no fim a festa!


Fuck You - Lily Allen

Acho que eu nem preciso comentar o nome né. Lily é conhecida por causar polêmica e por suas letras desbocadas, e quem vê a letra dessa música pode perceber claramente que foi escrita pra George W. Bush (sucker!). Outra curiosidade é que essa música virou hino dos gays ( "you say 'it's not ok' to be gay, well i think you're just evil" ) em várias partes do mundo, o que levou a várias versões hilárias da músia no youtube, onde os fãs aparecem cantando a música e fazendo caras e bocas.



We Are Golden - Mika

Pra quem conhece o cara, eu nem preciso falar nada, mas pra quem não conhece....
Mika é um cantor libanês que quando surgiu, com a música Grace Kelly, foi o maior alvoroço. Por que? Porque ele faz música boa, usa roupas coloridas e nem precisa abrir a boca pro povo todo saber que ele é gay! Seus clipes provam isso: são todos sempre muito coloridos e divertidos. Mas eu escolhi "we are golden", porque pra mim é a que tem a letra mais representativa, e tirando o clipe de "lollipop", que é uma animação, esse é o vídeo mais rainbow do Mika. E o mais importante é a mensagem que essa música passa de "eu sou gay, tenho orgulho disso e ser assim não é da conta de ninguém, como a própria letra diz: "i live for glitter, not you".


Bônus Track:

Bem, aqui no bônus eu fiquei em dúvida se colocava alguns dos clássicos como "i will survive" da Gloria GAYnor, "it's raining men" das Weather Girls ou se colocava algumas coisitas novas como "pop goes the world" com a vocalista lésbica do The Gossip e "after dark" do Le Tigre ou ainda alguma música de Glee (porque, né!). Então me decidi por um clássico, mas um clássico do cinema:

Footloose - Kenny Loggins

"Footloose", com Kevin Bacon, foi um dos filmes de maior sucesso dos anos 80. Juntamente com "Flashdance", ele fez sucesso na sua época e hoje transcende o tempo e o espaço. Eu tenho certeza que a intenção deles não era deixar o filme tão gay, mas 'uau'! E eu sei, por experiência própria, que quando a música - de mesmo nome do filme - toca, ninguém consegue ficar parado. Sem contar que aquela dancinha do Kevin Bacon, né, convenhamos. Esse filme e essa cena ficaram tão marcadas que é ela que eu vou colocar, ao invés do videoclipe do Kenny Loggins. Então.... "oowhee, Marie, shake it, shake it for me"


E pra vocês que estão se perguntando: "e Lady Gaga e Katy Perry??? Saibam: eu ODEIO essas mulheres! Se depender de mim morrem a carreira delas acaba! A-CA-BA!!! Isso mesmo, eu usei cinco exclamações! (seis)

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Traz uma Thirteen, por favor...


Passar uma tarde (pra noite) entre as amigas é tão bom...Entre um cafezinho, um suco de laranja e uma soda italiana a gente descobre é coisa, viu!

X: eu pegaria Mick Jagger
Y: você pegaria Mick Jagger? sério?!
(X balança a cabeça positivamente)
eu: você pagaria Steven Tyler?
X: ái, n, hoje em dia não
Y: você pegaria o doente? o careca?
X: o baterista?
Y: sim...
X: ái NÃO!
Y: e Keith Richards? (dando gargalhadas)
X: Deus é mais! esse aí não pegava nem a pau! pegava Iggy Pop, David Bowie...
eu: eca, Iggy Pop...
Y: eu pegava Iggy na época do Stooges. gente, Iggy Pop não é Anthony Kiedis velho?
(risos)
Y: eu pegava Anthony, viu...pegava Flea
as 3 em coro: John Frusciante
(risos)
Y: dizem que ele é banguela né? imagina você beijando lá e o dente cai
X: ái, eu vomitava...
eu: eu pegava Bowie, Anthony e John
X: eu pegava George Harrison, Paul McCartney, John Lennon não, nem Ringo
eu: eu pegava George, pegava legal. Ringo nem existe pra mim! Lennon é tão.....ugh!
X: ái, Carol é má (gargalhadas). tadinho de Ringo.
eu: eu pegava Julian e pegava Fabrizio
X: eu pegava Devendra Banhart
eu: ahhhh, eu também!
Y: eu pegava Amarante, pegava Bubu, Julian, Alex
X: ahhh Amarante, pegava viu. pegava Bubu, Alex, Marcelo Camelo só na época de Ventura, com aquela camisa pólo laranja com listra branca e tênis Adidas Star com listras azuis. na época que ele usava aquela barba enoooorme.
Y: eca, Marcelo!
eu: eu pegava Amarante
Y: eu pegava Barba, porque ele é meio abestalhado com aquela cara de "ahhhh" e o jeito que ele ri, meio idiota "pô mêo"
Y: eu pegava House viu, mas não pegava Hugh Laurie não
eu: eu pegava House e Hugh
X: eu pegava House, Hugh acho que não. acho que dali não pegava mais ninguém.
Y: eu pegava Wilson, viu...
X: Wilson?! eu não. não pegava ele, nem Chase, nem Taub...
eu: ...nem Foreman! ele é arrogante..
X: nem Foreman
as 2: e dizem que ele é assim na vida real também!
Y: eu não pegava Chase. parece que o cabelo dele tá sempre sujo né?
eu: ahhhh eu pegava House, Hugh e a Dra.Thirteen
(gargalhadas)
X: deixa eu confessar. ACHO que pegava Kutner, viu. ACHO. (aham, sei...)
Y: em Seinfeld eu pegava Kramer
X (rindo): ó praí, Carol, Y falou que pegava Kramer...
eu: pô, eu também!
Y: eu não pegava Jerry e George Constanza pode dar um tiro né. vc pegava George, Carol?
eu: Deus é mais!
X: ái gente. não acredito que vocês pegariam Kramer.
eu: oxe! Y, olha aqui. bate, rebate, finge que bate, faz carão
(nós duas fazemos carão)
eu: agora só falta Y dizer que pegaria Frank, de 30 Rock. aquele usa os bonés...
(as 3 riem)
Y: AAAAAHHHHH, Deus é mais!
X: yo, yo! e Tracy Morgan
(gargalhadas)
X: como é o nome daquele outro?
eu: Jack. Alec Baldwin
X: é, ele. também não é nada disso não, viu...

Ótimo! Nós pegaríamos todas essas pessoas! Agora é só aguardar eles saberem da nossa existência!
"Moço, traz mais um suco de laranja enquanto eu espero, por favor". Mas se tiver uma Thirteen eu também aceito.

ps.: não coloquei o nome delas aqui, mas será que Lu e Ju vão ficar chateadas mesmo assim? Ops...